top of page

MAGDA MAYA

sustentabilidade.com.ciência

GFF_3321_edited.jpg

Magda Helena Maya

Dra. em Desenvolvimento e Meio Ambiente 

Escritora | Palestrante | Educadora |
Divulgadora Científica | Creator Linkedin

Fundadora da Escola de Sustentabilidade 4.0

 

RECEBA POR E-MAIL

ÚLTIMAS UNIDADES

SIGA-ME NAS REDES

ESG - O Prato do dia

Já que todo mundo gosta de sopa de letrinhas, e que a mesa está amplamente servida com a sopinha ESG, gostaria de “engrossar esse caldo”.


Vamos aqui relembrar algumas iguarias servidas pelo famigerado desenvolvimento sustentável, mas que nunca matou a fome da Sustentabilidade e pra falar a verdade a de quase ninguém (literalmente):

Agenda 21; Agenda A3P; SGA; SGI; ODS e agora o Prato do dia: ESG.


Eu até entendo que, conforme os níveis de consciência e sensibilidade aumentem, é normal que os conceitos evoluam. Contudo, em matéria de sustentabilidade eu afirmo sem medo que se não houver mudança de mentalidade (ou na boa linguagem dos coaches, se não vou uma virada de mindset) podemos aguardar a próxima sopa, porque continuaremos fazendo "mais do mesmo".


Basicamente as pautas continuam as mesmas, com pequenos detalhes de sofisticação e/ou alguma bandeira levantada de forma mais recente (ou não).


Os ingredientes de sempre são:


- Gestão de resíduos sólidos

- Uso racional de recursos

- Uso de tecnologias para "mitigar" impactos

- Plantio ou doação de mudas

- Instalação de placas solares

- Alguma atividade sociocultural com a comunidade do entorno

- Quem sabe alguma doação ou parceria com associações de catadores


Quando o prato é um pouquinho mais sofisticado acrescenta-se:


- Uma pitada de sede sustentável

- Uma redução das emissões de carbono

- Uma dose de economia circular (mas ainda de ciclo técnológico)


Até quando continuaremos tomando essas sopas de mesmo sabor e ainda pelas beiradas?


Para quem ainda não entendeu, vou simplificar: de que adianta mudar o conceito ou até mesmo as práticas se a mentalidade CONSUMISTA e IMEDIATISTA continuam no comando, perpetuando um problema que está na BASE?
De que ainda uma empresa instalar placas solares para reduzir suas despesas e usar isso como marketing verde para continuar empurrando produtos além do necessário nos consumidores alienados pela propaganda?

No "mundo ESG" o que as empresas estão realmente buscando é atender mais regras do mercado financeiro que agora quer lucrar ainda mais com base na premissa de "ganha quem cuida", sem sequer perceber (ou considerar) que é INCOMPATÍVEL cuidar do Planeta mantendo os mesmos níveis exorbitantes de produção e consumo.


Há muito mais a se fazer em matéria de sustentabilidade. Precisamos (re)aprender e (re)fazer tudo o que fizemos até agora, inclusive produzir e consumir de maneira responsável.


Para isso, sugiro que você comece conhecendo o meu "livro de receitas" da Sustentabildidade 4.0 e conheça alguns ingredientes como:


1 – Imprintings culturais

2 – Ecoalfabetização

3 – Biomimética

4 - Revolução Ecojurídica


Dentre muitos outros, SÓ PARA COMEÇAR! Mas tem que ser rápido pq segundo o mais recente Relatório do IPCC, não temos mais tempo a perder.


Sobre os ingredientes da Sustentabilidade 4.0, dedicarei um texto sobre cada um deles nas próximas postagens.


Assine o blog para receber por email!


Alguns links que talvez possam lhe interessar:


Livro Sustentabilidade 4.0 - www.magdamaya.com.br/livros




Magda Maya

Dra. em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Comments


headsite_edited.jpg
rainha2_edited_edited.png

Sustentabilidade 4.0

Palestra

Estratégias da natureza para Educação, Inovação, Comunicação e Governança

bottom of page